Make your own free website on Tripod.com
 
Sarapatel dos Estetas
 
http://sarapatel.cjb.net
 
Vá lá
 
Rodrigo Soares Camargos
Belo Horizonte - M.G..
 
 
 
Poemas  Vai ver que a vizinhança trouxe
um dia novo, virgenzinho, estampado pra você
E cada caminho seria um atalho de outro mundo

Mulher, me chame
não consigo captar
seu pensamento agora
e minha direção é tão confusa
que o coaxar dos sapos
me faz pensar em urrar
(ninguém entende este universo)

Ser agonia-reluzente
seu macarrão é de serpente
massa pungente de ponta cadente
assando a carne de seus olhos

Aqui é um lugar feio 
cheio de caldo grosso                                       (é um brejo)
do primitivismo                                                    (é primitivo)
aqui é uma sopa                                                  (é atrasado)
de macarrão                                                         (é paradoxo)

Bem, vá lá
a língua fala
e rala
e limpa toda sujeira
do tapete da sala

Daí, a noite continua nua em mim
meu sexo pulsa
e meu desejo
é mais paradoxo
que melancólico

mas o canto
vai me fazer renascer
enquanto a porta separa a mim
                                                             da miséria

   
Voltar ao Sumário